O Clube

home

O Clube dos Caiçaras, situado na Lagoa Rodrigo de Freitas com frente para Av. Epitácio Pessoa, é um dos mais tradicionais e bonitos do Rio de Janeiro. Localizado numa ilha de 33 mil metros quadrados, tem o morro Dois Irmãos, a Pedra da Gávea, a Lagoa e o Cristo Redentor em seu belo entorno paisagístico.

As origens do Clube remontam ao ano de 1929, quando atividades sociais e esportivas começaram a ser realizadas na casa da Sra. Maria da Glória de Souza Paiva, que morava na Rua Visconde de Pirajá 578. Ali, três famílias – Souza Paiva, Castro Lima e Vieira- se reuniam para disputadas partidas de ‘ping-pong’ e de futebol na areia da praia de Ipanema, difundindo o interesse pelos esportes e pela convivência social. Dali surgiria uma entidade chamada Pranto Club, que realizou diversas competições e ações sociais até meados de 1931, quando estava praticamente extinta.

Em novembro de 1931, o Comandante Castro Lima fez uma exposição aos antigos sócios do Pranto Club, propondo a organização de um clube maior, de forma a ampliar a prática de esportes no bairro e a criar uma seção social. Nesse clube entrariam todos os antigos sócios do Pranto Club que assim o desejassem, com o título de integrante do “Núcleo Iniciador”. Dez dias após essa exposição, foi deliberada a fundação de um clube social e esportivo em Ipanema que passou a se chamar CLUBE DOS CAIÇARAS, por proposta do associado Jarbas dos Aymores Carvalho. Caiçara, em tupi, significa o pescador que vive na praia, o caipira do litoral.

O novo Clube teve como objetivo, desde o início, fomentar o congraçamento social, esportivo e o convívio das famílias que o frequentariam e participariam de suas atividades. Nas primeiras décadas, a Vela foi o esporte mais praticado e o Caiçaras foi sede de vários torneios nacionais e internacionais.

Com as melhorias feitas ao longo de sua existência, o Clube dispõe hoje de sete quadras de tênis, ginásio com quadra polivalente para vôlei, basquete e futebol de salão, quadras externas de vôlei e futebol, campão de futebol de areia, parque aquático para recreação, natação e hidroginástica, vela, bocha, judô, academia de ginástica e musculação, jogos carteados, sinuca, além de sala de televisão, sala de leitura, sala com jogos infanto-juvenis e parque infantil.

No setor social, o Clube oferece uma programação social em sua sede, no bar Aloha, no Bar do Terraço, além de eventos específicos para crianças, SPA masculino e feminino, salão de beleza, cursos e palestras. A área mais frequentada tem três piscinas e um bar.

Depois de mais de oito décadas, nosso objetivo continua sendo o de cultivar a ‘família Caiçaras’, no sentido de que seus associados (e convidados) desfrutem um dos mais bonitos e acolhedores ambientes do Rio de Janeiro.

Horário de funcionamento

Consulte abaixo o horário de funcionamento das dependências e serviços do clube.

Bar Aloha

2ª a 5ª

Sábado e Domingo

12 h às 22 h

16 h às 24 h

12 h às 22 h

Salão de Beleza

3ª a Sábado

Domingos

Feriados

Fechado

8:30 h às 19 h

10 h às 17 h

10 h às 15 h

Massagem

3ª a 6ª

Sábado

Domingos

Feriados

7:30 h às 19 h

7:30 h às 20:30 h

8 h às 20 h

9 h às 19 h

7:30 h às 20 h

Salão de Barbearia

3ª a Sábado

Domingos e Feriados

Fechado

9 h às 19 h

9 h às 17 h

Sala de Musculação

2ª a 6ª

Sábados

Domingos e Feriados

6:30 h às 22 h

8 h às 18 h (19h no horário de verão)

8 h às 18 h

Sauna Feminina

3ª a 6ª

Sábado

Domingos

Feriados

9 h às 18:30 h

9 h às 20:30 h

9 h às 19:30 h

9 h às 18:30 h

9 h às 19:30 h

Sauna Masculina

2ª a 6ª

Sábado

Domingos e Feriados

9 h às 22 h

9 h às 21 h

9 h às 19 h

Outros

Bar Caíque

Bocha

Campo / Campinho

Clube dos Caiçaras

Cyber Room

Garagem Náutica

Ginásio

Piscina

Quadras de Tênis

Sinuca

12 h às 24 h (2ª a Domingo)

6:30 h às 24 h (2ª a 6ª)

7:40 h às 24 h (2ª a Domingo)

7:40 h às 24 h (2ª a Domingo)

10 h às 24 h (2ª a Domingo)

7:40 h às 24 h (2ª a Domingo)

7:40 h às 24 h (2ª a Domingo)

8 h às 24 h (2ª a Domingo)

7 h às 24 h (2ª a Domingo)

14 h às 24 h (3ª a Domingo)

Localização

Perguntas Frequentes

Tire suas dúvidas ou consulte nossa secretaria.

QUAL O VALOR DA MENSALIDADE?

Proprietário:  R$ 560,00 (até o venc. – c/ desconto) – R$ 586,04 (s/ desconto)
Temporário-Dependente:   R$ 560,00 (até o venc. – c/ desconto) – R$ 586,04 (s/ desconto)
Temporário:  R$ 5.600,00 (até o venc. – c/ desconto) – R$ 5.860,40 (s/ desconto)

QUAL O VALOR NOMINAL DO TÍTULO PROPRIETÁRIO?

R$ 200.000,00 = Valor nominal, aprovado pelo Conselho Deliberativo, sempre no mês de abril de cada ano.

QUAIS OS VALORES ADICIONAIS QUE ENVOLVEM UMA TRANSFERÊNCIA DE TÍTULO PROPRIETÁRIO?

Taxa de Transferência:  R$ 50.000,00 (paga no ato da entrada dos documentos, na Secretaria do Clube).

QUAL A DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA SE TORNAR SÓCIO PROPRIETÁRIO?

Para dar entrada na proposta associativa, o candidato deve solicitar o envio, por e-mail, da Ficha Cadastral e entregar a mesma, preenchida e assinada, na Secretaria do clube.

O candidato poderá incluir como dependentes: cônjuge, mãe, sogra; filhas, irmãs e enteadas enquanto solteiras; filhos e enteados solteiros até 25 anos de idade.

Os seguintes documentos devem ser escaneados e encaminhados, por e-mail, para a Secretaria do clube:

  • Cópia do documento de identidade e CPF do proponente e dos dependentes maiores de 18 anos;
  • Cópia da certidão de nascimento ou documento de identidade dos dependentes menores de 18 anos;
  • Cópia da certidão de casamento (ou certidão de união estável, declaração do titular ou documento de entidade previdenciária que reconheça essa condição, como INSS, fundos de pensão, Rio Previdência etc).
  • 1 foto 3 x 4 de cada pessoa;
  • Referência de, no mínimo, 02 (dois) sócios Proprietários do Clube, com mais de 3 anos no quadro social;
  • Documentos comprobatórios de transmissão de propriedade do título (compra e venda, alvará, doação, etc).

QUAIS OS VALORES QUE ENVOLVEM UMA AQUISIÇÃO DE UM TÍTULO TEMPORÁRIO-DEPENDENTE?

Valor da Jóia:    R$ 25.000,00 à vista (10% do valor nominal do Titulo Proprietário) ou 05 parcelas de R$ 5.000,00, reajustáveis pela poupança.
OBS.:   O sócio proprietário deverá ter ingressado no Clube há 5 (cinco) anos.

QUAIS OS VALORES QUE ENVOLVEM UMA AQUISIÇÃO DE UM TÍTULO TEMPORÁRIO?

Taxa da Mensalidade: R$ 5.600,00 (até o venc. – c/ desconto) / R$ 5.860,40 (s/ desconto).
OBS.: O pretendente não pode ter residência fixa no Rio de Janeiro, podendo permanecer nessa categoria por um período mínimo de 3 meses e no máximo 2 anos.

COMO ATUALIZAR A CARTEIRA DE SÓCIO OU SOLICITAR UMA 2ª VIA?

Apresentar uma foto 3×4 (atual) na Secretaria do Clube, encaminhar por e-mail, ou, ainda, tirar uma foto na própria Secretaria. A taxa cobrada é de R$ 20,00 (vinte reais), sendo paga na Tesouraria e, caso queira receber a carteira no endereço de cobrança, basta pagar taxa adicional de R$ 20,00 (vinte reais). É importante a atualização dos dados cadastrais, apresentando documentos e informando endereço completo, celular e e-mail, se for solicitado.

QUAL A SITUAÇÃO EM QUE A CARTEIRA DE SÓCIO NÃO É PAGA?

É isenta de pagamento da taxa a emissão da primeira carteira social para todos os novos associados e seus dependentes.

COMO ADQUIRIR TÍTULO SENDO FILHO DE SÓCIO, CASADO OU COM MAIS DE 26 ANOS DE IDADE E FILHA CASADA?

(Artigo 19 § 2º) Poderá adquirir título de Permissionário Participante Temporário-Dependente, o dependente do sexo masculino quando completar 26 anos ou casar-se e do sexo feminino quando casar-se, conforme explicação abaixo:

Para dar entrada na proposta associativa, o candidato deve solicitar o envio, por e-mail, da Ficha Cadastral e entregar a mesma, preenchida e assinada, na Secretaria do clube.O candidato poderá incluir como dependentes: cônjuge, mãe, sogra; filhas, irmãs e enteadas enquanto solteiras; filhos e enteados solteiros até 25 anos de idade.

Os seguintes documentos devem ser escaneados e encaminhados, por e-mail, para a Secretaria do clube:

  • Cópia do documento de identidade e CPF do proponente e dos dependentes maiores de 18 anos;
  • Cópia da certidão de nascimento ou documento de identidade dos dependentes menores de 18 anos;
  • Cópia da certidão de casamento (ou certidão de união estável, declaração do titular ou documento de entidade previdenciária que reconheça essa condição, como INSS, fundos de pensão, Rio Previdência etc).
  • 1 foto 3 x 4 de cada pessoa;
  • Requerimento do associado titular para inclusão do Permissionário Participante Temporário-Dependente.

NORMAS DE CONVITES E EXCESSO DE CONVIDADOS

  • Todo sócio poderá trazer ao Clube, gratuitamente, 05 (cinco) convidados por mês, desde que acompanhado do sócio titular, seu cônjuge ou dependentes, no caso, de menores de 18 anos (maiores de 14) é necessária uma autorização por escrito. Então, em qualquer dia ou horários, os convites não são acumulativos, os excedentes ao limite acima serão cobrados mensalmente, conforme taxa fixada para cada convidado. Ou seja, os convites são 5 gratuitos/mês + restante são pagos.

 

  • Diariamente, após as 19 horas, o ingresso de convidados no Clube poderá ser gratuito, desde que acompanhado do sócio titular, seu cônjuge ou dependentes, no caso, de menores de 18 anos (maiores de 14) é necessária uma autorização por escrito, ficando, porém, limitado em 4 (quatro) convidados por dia, não será computado nos 05 convites gratuitos, nem cobrado.

 

  • O sócio (ou seus dependentes autorizados) deverá autorizar na portaria social o ingresso de cada convidado, com a identificação do mesmo. Observe-se que o sócio, quando presente no Clube, poderá autorizar, antecipadamente, para o mesmo dia, a entrada de seus convidados.

De segunda  a  sexta-feira – R$ 15,00 (Adulto)
Jovens até 14 anos – R$ 8,00
Sábados, Domingos e Feriados – R$ 55,00 (Adulto)
Jovens até 14 anos – R$ 28,00
Crianças até 06 anos – Grátis
OBS.:  Diariamente, após às 19 horas, o sócio poderá trazer 4 (quatro) convidados grátis, por dia, assinando no Livro.

COMO PROCEDER PARA LOCAR O SALÃO SOCIAL, SALÃO GAIVOTA, BAR ALOHA E BAR DO TERRAÇO PARA EVENTOS?

1. O Salão Social, Salão Gaivota, Bar Aloha e Bar do Terraço somente poderão ser locados a sócios, convidados, e a pessoas jurídicas, mediante o pagamento dos preços fixados pelo Conselho Diretor, em tabela própria, acrescidos do Imposto sobre Serviços (ISS) e da taxa destinada à Instituição Caiçaras de Assistência Social (ICAS).

1.1 É vedada a realização de qualquer ato religioso ou político nas dependências do Clube, mesmo naquele objeto de locação, de acordo com o disposto no Artigo 4º do Estatuto Social.
1.2 É expressamente proibido fazer uso de quaisquer outras dependências do Clube, que não o do espaço locado.
1.3 O Salão Social (capacidade máxima: 450 pessoas c/ ar — 600 s/ ar) somente poderá ser locado nos domingos com a expressa autorização da Comodoria.
1.4 É vedada a locação do Salão Social, Bar do Terraço e do Bar Aloha para a realização de festas infantis.
1.5 Bar Aloha (capacidade máxima: 200 pessoas) poderá ser locado de domingo a sábado.
1.5.1 Será permitida a retirada dos móveis do Bar Aloha.
1.5.2 O horário para arrumação de eventos do Bar Aloha, aos sábados e domingos, será diferenciado.
1.6 Ao locar o Salão Gaivota (capacidade máxima: 100 pessoas), é vedada a utilização do Espaço Infantil pelos convidados do evento.
1.6.1 É vedada a realização de evento de pessoa jurídica, ficando locável somente com autorização do Comodoro.
1.7 Bar do Terraço (capacidade máxima: 250 pessoas) somente poderá ser locado de segunda a quinta-feira, ficando vedada a locação desse espaço de sexta a domingo, podendo ser locado somente com a autorização da Comodoria.
1.7.1 Recomendamos em caso de uso de luminárias decorativas e música com DJ, a locação de gerador, em virtude do local não comportar aumento de carga elétrica, além da existente.
1.7.2 O Clube não se responsabiliza por danos que possam ocorrer aos eventos, causados por intempéries gerados por fenômenos naturais.
2. Ao contratar a locação, o locatário deverá declarar expressamente a finalidade do evento que pretende realizar e, como sinal de sua total concordância com as normas ora estabelecidas, assinar a declaração de recebimento deste regulamento, que será arquivada na Secretaria do Clube.

2.1 Os serviços de buffet, em qualquer festa ou evento nas dependências do Clube, será obrigatoriamente prestado pelo Concessionário dos serviços de bares e restaurantes do Clube dos Caiçaras, sendo expressamente proibida a contratação de terceiros.
2.2 É obrigatória a contratação de serviço de manobristas, com empresa credenciada nos órgãos competentes, para eventos a partir de 200 pessoas, devendo o locatário apresentar, no prazo máximo de 48 horas antes da data do evento, o comprovante de contratação do serviço de manobra, sob pena de suspensão da festa, por infração contratual.
2.3 A lista completa dos convidados e fornecedores de qualquer evento deverá ser fornecida à Secretaria com 48 horas de antecedência, sendo obrigatória, no dia do evento, a contratação de uma recepcionista por parte do contratante, para fazer o controle da referida lista na Portaria Social, em eventos com mais de 100 (cem) pessoas.
2.4  É obrigatória a contratação do serviço de 03 (três) pessoas para cobertura das tarefas da faxina, em todo evento que passar das 23 horas.
3. A Vice-Comodoria de Assuntos Sociais deverá reservar, com a devida antecedência, as datas em que pretenda realizar as festas previstas no calendário oficial do Clube ou quaisquer outros eventos inerentes à programação social.

4. A Secretaria do Clube, após verificar no livro de registro das locações à disponibilidade da dependência pretendida pelo locatário, deverá preencher um formulário próprio, em 04 (quatro) vias, cabendo a 1ª via ao locatário, como recibo, as 2ª e 3ª vias à Tesouraria, e a 4ª via à Secretaria para arquivamento.

5. Todas as festas realizadas nos salões locados terão a duração normal de 05 (cinco) horas, podendo, todavia, ser prorrogada por até 03 (três) horas extras.

5.1 As festas não poderão iniciar após as 21 horas.
5.2 As horas extras (prorrogações) referidas neste item serão cobradas na base de 1/3 (um terço) do valor da locação vigente, na data do evento, por hora excedente ou fração da mesma, pelo Gerente de Campo da noite, imediatamente, antes do início da prorrogação do evento, caso não tenha sido contratada antecipadamente, devendo, nesta hipótese, extrair recibo em 02 (duas) vias, entregando a 1ª ao locatário, no ato do pagamento.
6. Para reserva de locação de dependência, deverá ser efetuado, no ato, o pagamento mínimo de 50% do valor da mesma, a título de sinal e o restante até 10 (dez) dias antes da realização do evento.

6.1 Em caso de desistência do LOCATÁRIO, o valor da reserva da data do evento somente será restituído se comunicado, por escrito, com mais de 180 (cento e oitenta) dias da data aprazada, oportunidade em que será deduzido o valor correspondente a 10% (dez por cento) sobre o montante efetivamente pago.  Se, a desistência se der com menos de 180 (cento e oitenta) dias da data reservada, o locatário perderá todo o montante pago em favor do Clube dos Caiçaras.
6.2 A não integralização do preço no prazo acima estipulado, importará no cancelamento automático da reserva.
6.3 Na hipótese de não ter sido pago integralmente o preço da locação contratada no ato da reserva, o restante do mesmo será pago de acordo com o valor que vigorar, na data da quitação, em tabela própria.
7. É imprescindível a apresentação da indicação do associado, sendo esta representada por assinatura no Recibo de Locação dos Salões aos seus convidados no ato da reserva. No caso de Pessoa Jurídica, somente o Comodoro poderá autorizar o evento, na ausência da indicação de um associado.

8. Todas as festas para pessoa física, exceto aniversários infantis até 12 anos, terão obrigatoriamente 01 (um) segurança para cada 50 convidados, sem fracionamento, salvo quando o homenageado tiver entre 13 e 21 anos de idade, terá o número mínimo de 4 seguranças. O evento para pessoa jurídica fica da seguinte forma: 01 segurança para cada 50 (cinquenta) convidados, com o número mínimo de 8 seguranças. Ao locatário cabe o pagamento dos mesmos, 10 dias antes da realização do evento, nos valores constantes da tabela própria, vigente na data da quitação.

8.1 A contratação de segurança não exime o responsável pela locação de indenização decorrente de possíveis danos ao patrimônio do Clube, causados por pessoas presentes ao evento, hipótese em que o montante da indenização será calculado exclusivamente pelo locador.
9. Nas locações somente poderão ser decoradas ou ornamentadas as partes internas da dependência alugada, sendo absolutamente proibida a ornamentação ou decoração das partes externas, bem como da portaria, balsa ou qualquer outro local do Clube.

9.1 É expressamente proibido qualquer efeito pirotécnico (utilização de fogo), fixar qualquer material de decoração com pregos, colagens, fita crepe ou durex em paredes e tetos, bem como, a colocação de arranjos de flores nas luminárias de qualquer dependência do Clube.
9.2 É expressamente proibido arrastar mesas, cadeiras, passarelas e aparelhos de som para arrumação, sendo de responsabilidade do concessionário de bar e restaurante, o cumprimento deste item.
9.3 O Salão deverá ser entregue, após o evento, nas mesmas condições de uso que foi locado, em caso de danos, o locatário arcará com as despesas.
9.4 É expressamente proibido o uso de spray de espuma, durante o evento.
10. O ar-condicionado central, somente poderá ser utilizado para refrigeração do Salão Social, mantendo-se as portas fechadas. O ar-condicionado de todos os salões será disponibilizado, somente 10 minutos antes dos eventos.

11. Nas festas de aniversários infantis, não poderão ser usados Veículos Motorizados ou Banda de Música.

12. O atendimento normal da balsa é até às 24 horas, horário normal de funcionamento do Clube. Após esse horário, caso o locatário queira usufruir os serviços da mesma, deverá contatar antecipadamente a Secretaria para tratar da reserva, pagando por hora, a locação da balsa.

12.1 O Clube não se responsabiliza por causas fortuitas que impeçam o funcionamento da balsa.
12.2 A balsa não funciona as segundas-feiras.
13. Os direitos autorais, porventura exigíveis, deverão ser pagos pelo locatário diretamente ao ECAD quando for evento de PESSOA JURÍDICA, sendo obrigatória à apresentação do comprovante junto à Secretaria 48 horas antes do evento, sem o que, o Conselho Diretor poderá suspender o evento.

14. Na hipótese de desejar o locatário utilizar o gramado localizado na parte da frente do Salão Social, deverá pagar a taxa constante da tabela em vigor na ocasião do evento.

15. Declaro que todas as informações prestadas, especialmente quanto à destinação e natureza do evento, são expressão da verdade. O descumprimento de qualquer cláusula ou condição deste contrato sujeitará o infrator à multa equivalente a 3 (três) vezes o valor da locação, além do lançamento de advertência na ficha do sócio da infração consumada.

16. Declaro estar ciente e de acordo as cláusulas acima estabelecidas, responsabilizando-me pelo cumprimento das mesmas.

(Aprovado em 21/01/2015)

COMO PROCEDER PARA LOCAR A CHURRASQUEIRA PARA EVENTOS?

  1. Objetivo: Regulamentar o uso da Churrasqueira.
  2. Aplicação: Somente Associados e Permissionários Temporários-Dependentes poderão alugar a Churrasqueira.
  3. Prioridade: Será considerada prioritariamente a utilização para eventos promovidos pelas Vice-Comodorias e seus Departamentos, considerados, para efeito deste regulamento, como “Eventos Departamentais”. Neste caso, não haverá cobrança de quaisquer taxa.
  4. Preço do aluguel e suas condições: Deverá o Associado ou Permissionário Dependente efetuar, no ato, o pagamento mínimo de 50% do valor da locação, a título de sinal, e o restante até 10 (dez) dias antes da realização do evento, de acordo com a tabela de preço, vigente na época da quitação da locação do espaço. A não integralização do valor no prazo acima estipulado, importará no cancelamento automático da reserva.
  5. Em caso de desistência, o valor pago na ocasião da reserva somente será restituído se comunicado, por escrito, com antecedência de 15 dias antes do evento, hipótese em que será abatido o valor correspondente a 10%, verba destinada a ICAS. Caso tal prazo seja ultrapassado, o locatário perderá o valor, em favor do Clube dos Caiçaras, como pena pela reserva sem ocupação.
    1. Dias da semana e horário autorizado para fins de aluguel:
    2. Todas as festas terão a duração normal de 05 (cinco) horas, podendo, todavia, ser prorrogada por até 03 (três) horas extras. As horas extras (prorrogações) referidas neste item serão cobradas na base de 1/3 (um terço) do valor da locação vigente, na data do evento, por hora excedente ou fração da mesma, pelo Gerente de Campo, imediatamente, antes do início da prorrogação do evento, caso não tenha sido contratada antecipadamente, devendo, nesta hipótese, extrair recibo em 02 (duas) vias, entregando a 1ª ao locatário, no ato do pagamento.
    3. Fica limitado o número de 60 (sessenta) participantes/convidados, em virtude de ser a lotação máxima do local, cujo início do evento será em qualquer horário, de 9 às 20 horas, e o término até às 23 horas, incluindo as horas extras. Estão inclusos na contagem: sócios, convidados, crianças e suas acompanhantes.
    4. O locatário deverá enviar para a Secretaria, até 48 horas antes do evento, a lista de convidados.
  6.  Outras condições em caso de aluguel:
    1. A Churrasqueira será de uso exclusivo para churrasco e pizza.
    2. É permitido fazer decoração.
    3. É proibido recreação e o uso do gramado em frente.
    4. Todas as comidas e bebidas deverão ser fornecidas, obrigatoriamente, pelo Concessionário do Bar e Restaurante, exceto os doces, sendo expressamente proibida a contratação de terceiros.
    5. É proibida a execução de qualquer som ambiente, inclusive música mecânica.
    6. Não será permitido convidados de sócio fazer uso de outras áreas do Clube, a exceção da Churrasqueira; ficando o sócio responsável pelo cumprimento desta norma.
    7. É expressamente proibido o uso de spray de espuma, durante o evento.

Declaro que todas as informações prestadas, especialmente quanto à destinação e natureza do evento, são expressão da verdade. O descumprimento de qualquer cláusula ou condição deste contrato sujeitará o infrator à multa equivalente a 3 (três) vezes o valor da locação, além do lançamento de advertência na ficha do sócio da infração consumada.

Declaro estar ciente e de acordo as cláusulas acima estabelecidas, responsabilizando-me pelo cumprimento das mesmas.

(Aprovado na Reunião do Conselho Diretor de 21/01/2015)

COMO PROCEDER PARA INCLUIR DEPENDENTE?

O titular/dependente ou candidato deverá solicitar à Secretaria do Clube os formulários pertinentes a esse procedimento e reapresentar os mesmos no referido departamento, completos, devidamente preenchidos, para serem apreciados pelo Vice-Comodoro Jurídico e, em seguida, será aprovado pela Diretoria e, posterior aprovação no quadro social. O candidato poderá incluir como dependente: cônjuge, mãe e sogra; filhas, irmãs e enteadas enquanto solteiras; filhos e enteados solteiros até 25 anos de idade.

QUAL IDADE LIMITE PARA OS FILHOS(AS) SEREM DEPENDENTES?

(Artigo 19 § 2º) As filhas e enteadas poderão ser dependentes enquanto forem solteiras e, os filhos e enteados enquanto forem solteiros ou até os 25 anos de idade.

QUAIS SÃO OS CLUBES CONVENIADOS?

Assembléia Paraense
Associação Leopoldina Juvenil
Club Athlético Paulistano
Clube Bahiano de Tênis
Clube Campestre Belo Horizonte
Clube de Natação e Regatas “Álvares Cabral”
Country Clube de Goiânia
Clube Doze de Agosto
Clube Internacional do Recife
Graciosa Country Club
Iate Clube de Brasília
Náutico Atlético Cearense
Pampulha Iate Clube
Yacht Clube da Bahia

QUAL A NORMA QUE REGE O CONVÊNIO INTERCLUBES?

Entre os Clubes signatários fica estabelecido um Convênio de Intercâmbio Social que se regulará pelas seguintes disposições:
1 – Os sócios de um dos Clubes signatários, encontrando-se em trânsito, poderão desfrutar das regalias sócias, devendo apresentar um ofício-credencial emitido por seu Clube de origem ao Clube a ser visitado, acompanhado de 1 foto 3×4 de cada visitante, constando o nome do sócio titular e os de seus dependentes, caso o estejam acompanhando.
1.1     Este ofício-credencial deverá ser assinado pelo presidente do Clube de origem ou no impedimento deste,  por um de seus Vice-Presidentes.
1.2    Deverá constar do ofício-credencial o tempo previsto de vista, não podendo este tempo exceder a  30 (trinta) dias corridos.
2 – No período de 12 (doze) meses serão autorizados no máximo, um período de 30 (trinta) dias corridos a cada semestre.
3 – Todas as vezes que o associado visitante e seus familiares comparecerem ao Clube visitado, poderão ter acesso a todas as dependências sociais deste, sempre regidos pelas normas estabelecidas pelo Clube visitado para convidados de sócios, devendo ser devidamente cadastrado na Secretaria do Clube.
4 – O presente convênio vigorará por prazo indeterminado, podendo ser interrompido mediante simples comunicação entre os Clubes.
5 – Não há Convênio Interclubes nos meses de DEZEMBRO, JANEIRO e FEVEREIRO.

COMO PROCEDER PARA QUE MOTORISTA E BABÁ TENHA ACESSO FRANQUEADO AO CLUBE?

A babá ou motorista deverá estar devidamente cadastrado(a) na Secretaria do Clube, apresentando foto, RG e CPF, com sua ficha assinada pelo associado, para que tenha sua entrada liberada na Portaria do Clube, ficando este(a) vinculado(a) ao título solicitante, até que seja pedido seu desligamento pelo associado desse mesmo título em questão. Em nenhum dos casos é permitida a utilização das piscinas.